• O Norte de Goiás

Último dia para fechar candidaturas tem clima tenso em Minaçu



Há poucas horas para o fim do prazo para finalizar as convenções municipais, o clima é de tensão nos bastidores da política em Minaçu. O prazo final para a homologação das candidaturas, em convenção, ocorre hoje às 00h, e o saldo até aqui reside entre a esperança e a desistência. Candidatos correm contra o tempo para encontrar vices, buscar novos partidos e até aumentar o tempo de rádio.


O PP de Lúcia já tem seu vice, pastor Amilson, que desistiu da candidatura a prefeito pelo DEM há dois dias do prazo. E o PSDB de Leréia já oficializou Ian da Samina, do MDB, a vice. Na terceria via, Cabo Queiroz já fechou com Alessandra Mesquista, do PSL e Dr. Wesley bateu o martelo ontem com Silas Enfermeiro a vice, pelo Patriota. Acabou? Não!


Ontem, a convenção do PSC/PROS não conseguiu emergir num acordo. Não está fácil para o prefeito Zilmar Filho construir uma chapa com musculatura a ponto de competir com Leréia e Lúcia, ambos com chapas consolidadas e a frente nas pesquisas internas. De público, chegou a colocar sua candidatura à disposição do partido. Ninguém está afim de entrar na disputa para sair derrotado, é o que dizem correligionários ouvidos pelo Portal NG.


O impasse está na consolidação do vice, que deve vir pelo PROS ou pelo PT, acordo que será firmado até o fim do dia. Um dos nomes chamados para encabeçar a vice e que recusou, foi Dr. Wesley, que seguirá candidato a prefeito. Eugênio Romão e Tiago Nunes também foram sondados, mas optaram por permanecer candidatos a vereador.


Acabou? Não!

Maurides Rodrigues também vem aí. Tem até o fim do dia para oficializar seu vice, pelo Cidadania. As conversas estão acontecendo e o ex-prefeito irá dentro do prazo entrar na disputa. É o que garante membros do grupo de Maurides, ouvidos por esta coluna.


Ainda há tempo!


Até o fim desta quarta, teremos as convenções, mas o segundo tempo mesmo desta primeira etapa, das definições, termina dia 26, data final de registro de chapas no TRE.

Até lá muita água corre por debaixo da ponte, até porque alguns partidos estão deixando nas suas atas, a brecha de poder compor. E mudar a história decidida nestas convenções.

Vamos aguardar para ver, de 12 nomes, de prefeito e vice, quais realmente sobrarão na disputa por Minaçu.


www.onortedegoias.com.br

Os bastidores da política no maior portal de notícias da região!

Todos os direitos reservados - 2015-2019 Jornal O Norte de Goiás