• O Norte de Goiás

Após repercussão, Leréia afirma que vai recorrer da decisão da Justiça, mas não notificou OS



Em entrevista na rádio Serra da Mesa e TV Serra Dourada, o prefeito eleito de Minaçu afirmou que irá recorrer da decisão da Justiça que devolveu o Hospital Municipal ao comando da OS. Leréia afirmou que acionou a Justiça em Minaçu. A repercussão do impasse foi destaque nos principais jornais e TVS do Estado, após a divulgação em primeira mão, pelo Portal NG.


Depois da posse no dia 1º, Leréia se deslocou ainda de terno para a recepção do Hospital de Minaçu para tirar a OS do comando do município. O Portal NG só ficou sabendo da informação dada em entrevista com o diretor do Instituto Alcance, Ronnie Cabral.


Após o incidente, a OS entrou com um pedido de liminar que foi acatado na última terça-feira (5) pela juíza plantonista Luciana Oliveira de Almeida, da Comarca de Porangatu, que ordenou o restabelecimento das atividades no Hospital.


O impasse entre a Prefeitura e a destituição da OS está longe de chegar ao fim. Até agora a Prefeitura não comunicou oficialmente o Instituto Alcance o pedido de encerramento do contrato. Esse protocolo daria início ao prazo de 90 dias para o distrato do acordo. A intenção é judicializar o processo através de provas judiciais que foram enviadas ao Ministério Público, por meio de um relatório realizado por uma Comissão.


Confira a entrevista na TV Serra Dourada: https://tvsd.com.br/video-on-demand/prefeito-de-minacu-expulsa-organizacao-social-que-administra-hospital-da-cidade/


Confira a entrevista na íntegra à Rádio Serra da Mesa:


* Vídeo da assessoria de comunicação de Minaçu.

Todos os direitos reservados - 2015-2019 Jornal O Norte de Goiás