• O Norte de Goiás

Asfalto entre Palmeirópolis e Minaçu chega à divisa do Estado



A rodovia TO-141 que liga Palmeirópolis até à divisa do município de Minaçu está em fase final de entrega. O processo de pavimentação já está concluído até a divisa do Estado, onde um trevo foi construído na saída da ponte do Rio Mucambão, que divide os Estados do Tocantins e Goiás. Para a entrega definitiva da obra, ainda é preciso realizar o processo de sinalização. A obra de pavimentação foi entregue dentro do prazo pelo Estado do Tocantins.

O processo de desmatamento e limpeza, terraplanagem, regularização de sub-leito e sub-base e obras de arte especiais (galerias e pontes) e pavimentação já estão concluídos. A intenção do governo do Tocantins é facilitar o escoamento da produção agrícola, fortalecendo o desenvolvimento econômico dos dois estados nessa região.

Goinfra e a GO-132

Do lado de Goiás, a rodovia que pretende conectar o asfalto que vem do Tocantins é a GO-132. De acordo com a Goinfra, não há previsão de início das obras do lado de cá. Sobre o trecho que liga Minaçu à divisa com o estado do Tocantins, a partir do Distrito de Cana Brava, a Goinfra informa que aguarda disponibilidade de recursos para executar a obra.


Já no trecho de 7km que ainda falta concluir entre Colinas do Sul e Minaçu, a agência afirmou que o projeto está “sendo concluído e que os serviços serão retomados no primeiro semestre”. Apesar das obras paralisadas, a Goinfra afirma que a conclusão está prevista para o fim do ano de 2021.


Em nota enviada ao Portal NG, a agência afirma ainda que a obra entre Colinas e Niquelândia foi paralisada por conta de problemas na elaboração do projeto. “A propósito da GO-132, no Norte do Estado, a Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra) informa que as obras iniciadas no governo passado foram paralisadas por apresentar problemas de execução e de elaboração de projetos”, diz a nota. “Informa, ainda, que o projeto referente ao trecho que liga Niquelândia a Colinas do Sul está em fase de elaboração para posterior licitação da obra que vai pavimentar outros 37,5 quilômetros”, disse.

Todos os direitos reservados - 2015-2019 Jornal O Norte de Goiás