• O Norte de Goiás

Cabo Queiroz: “Minaçu não tolera mais o atraso”



Primeiro entrevistado da série que o Portal NG realiza com pré-candidatos, o vereador Cabo Queiroz é enfático: “Minaçu não tolera mais o atraso”. Pré-candidato pelo PSL, Queiroz afirma que, se eleito, fará uma gestão enxuta, focada na transformação da cidade e no resgate da confiança das pessoas na gestão pública. O primeiro passo, é inaugurar o que chamou de “gestão compartilhada”, uma comissão composta por técnicos e representantes da sociedade civil, que atuará na construção de ideias e decisões da Prefeitura.

Confira o bate-papo com Cabo Queiroz:

Portal NG – Cabo Queiroz, a crise econômica municipal paralisou os investimentos. Como é possível falar em resgate da economia nesse momento tão delicado para Minaçu?

Queiroz: O resgate da economia local se dará principalmente pelo turismo autossustentável, pois os ex-prefeitos que por aqui já passaram, nenhum colocou na prática o turismo autossustentável. O município sempre investiu em eventos que trouxe um grande movimento na cidade e na economia, porém nenhuma gestão souber apurar a fundo esses dados. É matemático, se investimos R$200mil em um evento festivo com foco na atração de turistas é preciso que o comércio pelo menos receba esse valor em contrapartida, através dos visitantes.

Em minha gestão traremos investimentos não só financeiros, como também de conhecimento para qualificar o comércio local. Pois o visitante usufruirá não só somente da nossa Praia do Sol, cachoeiras e lagos, bem como, também do bom atendimento dos nossos comerciantes. E isso em todas as esferas do comércio, seja alimentício, vestuário etc.

Outro ponto que iremos trabalhar é o agronegócio através de parcerias com produtores locais, sendo eles de gado de corte, piscicultores, entre outros.

Portal NG – O senhor foi vereador, conhece a rotina de trabalho da Casa, como o senhor enxerga a rejeição tão majoritária dos membros da Câmara nesse momento?

Queiroz: A rejeição dos vereadores se deu devido a aprovação da OS principalmente, onde os mesmos ficaram em desfavor do povo. Além do mais, poucos realmente fizeram um mandato ativo nessa legislatura. Se sou eleito pelo povo e vou contra sua vontade nada mais justo do que agora nas eleições o eleitorado ir contra eles.

Portal NG – Como o município poderá ser capaz de superar os problemas, que antes já eram muitos, e no futuro, como prefeito?

Queiroz: Minaçu não tolera mais o atraso. Em nosso pleito iremos trabalhar com integridade, pois é o que tem me norteado até então e foi dessa forma que obtive a aprovação e apoio do povo em Minaçu. De forma íntegra e com novas ideias iremos escrever um novo futuro para Minaçu. Nosso modelo de gestão será a compartilhada, onde teremos uma comissão que aprovará as direções da gestão. Dessa forma a chance de acerto é bem maior, porque teremos nessa comissão pessoas técnicas com excelência em administrar.

Portal NG – A retomada do emprego depois de tudo isso que nós conversamos é algo prioritário? Qual a será a ideia de mudança?

Queiroz: Na minha gestão buscarei ajuda para os que aqui produzem e geram empregos diretos e indiretos. Precisamos valorizar os pequenos e médios empresários, pois são eles responsáveis pela maior fatia da economia do país, sendo assim merecem reconhecimento e apoio.

O agronegócio e o turismo ganharão força em minha gestão, pois são as pratas da casa.

Portal NG – Na área do turismo, e social? Como o senhor pretende atuar?

Queiroz: No turismo vamos trabalhar o ecoturismo, onde podemos explorar e ao mesmo tempo educar, preservar e cuidar das nossas belezas naturais. Fomentaremos também um calendário de eventos em Minaçu para que se divulgue antes e isso fará com que os turistas se programem para vir conhecer nossa cidade e pontos turísticos.

No social quero viabilizar projetos inéditos como o vale gás para as famílias carentes, buscar e ampliar o cheque reforma caso haja para as famílias terem mais qualidade de vida através de uma simples reforma estrutural.

Portal NG – E na área do emprego?

Queiroz: Buscarei parcerias com empresas privadas, dando incentivos fiscais, para que possam se instalar no nosso município para tentarmos industrializar a nossa cidade.

Portal NG – Na área da educação, como o senhor pretende lidar com a dissonante carga salarial, que envolve professores?

Queiroz: Venho acompanhando a questão da educação de perto em relação a discrepância salarial que você diz, não vejo dessa forma, por que esses profissionais se qualificaram se graduando em mestrado e até mesmo em doutorado para fazer jus ao salário são apenas 16 servidores que tem um salário diferenciado, na Câmara de Vereadores tem um projeto de cargos e salários da educação que estava em apreciação para ser votado, devido a pandemia foi suspenso onde professores concordaram com o novo projeto, precisamos de votar essa matéria com urgência pois a grande maioria dos professores estão com seus vencimentos bem abaixo. E vou deixar bem claro que em direito adquirido não se mexe, eu como servidor público concursado militar não gosto de perder os meus direitos desta mesma forma eu reafirmo que em direito adquirido não se mexe.

Portal NG – Ainda na área econômica, quais são, na sua opinião, os principais problemas estruturais que Minaçu ainda precisa resolver, com urgência, para dar um salto em seu desenvolvimento?

Queiroz: Minaçu precisa urgentemente de uma reestruturação urbana de malha asfáltica e isso nós sabemos que é cada dia mais difícil devido a falta de recursos para essa finalidade. E não há um jeito a não ser economizar para fazer com a verba própria e também bater nas portas atrás de emendas para infraestrutura.


Portal NG –Como o senhor avalia a chegada da Serra Verde? Qual impacto que essa introdução econômica poderia acarretar?

Queiroz: Já é notório a movimentação de trabalhadores e aquecimento da economia local com a chegada da Serra Verde, e isso faz jus ao nome do nosso munícipio Mina Grande que é abundante em riquezas minerais, porém como tudo que é extraído um dia chegará ao fim e é por isso que devemos aproveitar bem a estadia desta grande mineradora para nós reconstruímos a nossa cidade e sendo assertivos nos investimentos para que possamos um dia caminhar com nossas próprias pernas caso por ventura nos falte minérios.



Portal NG – O ex-prefeito Nick Barbosa, todos sabem, recebeu uma votação histórica porque carregava consigo um sentimento de mudança. O que aconteceu de lá pra cá? O discurso da mudança ainda vai colar?

Queiroz: Mudança é algo que acontece constantemente e isso não dar para negar, porém adotar esse discurso é algo que não farei. Pois é melhor se surpreender do que se decepcionar e é dessa forma que quero agir sendo eleito, surpreendendo a todos com bom trabalho e aí esse rótulo será dado pelo povo caso achem pertinente.

Portal NG – Como pré-candidato, a senhor sonda a possibilidade de, no futuro, construir aliança com outro pré-candidato? Qual seria esse, ao qual teria maior probabilidade?

Queiroz: Se for a vontade dos apoiadores nós iremos fazer sim alianças com projetos que tenha a mesma linha de pensamento que a nossa. E isso, não descarto porque sei que existe pessoas como eu que também querem o bem para nosso município.

Portal NG – O apoio do governador Ronaldo Caiado é algo substancial nessa trajetória. Como o senhor avalia que será a decisão dele?

R: Como legislador eu sempre mantive o bom diálogo com todas esferas do poder e sendo eleito não serei diferente. Tenho ciência que se tivermos o apoio do governo abrirá uma janela de possibilidades.

Portal NG – Qual o recado o Senhor deixa para a população de Minaçu, desse momento de decisão?

Queiroz: Agradeço a Deus pela oportunidade e ao Jornal por dar voz de forma democrática a minha pré-candidatura. Que nas próximas eleições a população saiba escolher com rigor e sabedoria os seus representantes no executivo e legislativo. Eu estive, estou e estarei sempre ao lado do povo!




O próximo entrevistado da série, é o ex-deputado Carlos Alberto Leréia, do PSDB.

ELEIÇÕES 2020 - Os bastidores da politica no maior portal de notícias da região


Todos os direitos reservados - 2015-2019 Jornal O Norte de Goiás