• O Norte de Goiás

Começa hoje a propaganda eleitoral no rádio; Veja quanto tempo cada candidato terá de exposição





O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) definiu a distribuição do tempo e a ordem de veiculação dos programas e inserções em rádio dos partidos e coligações que concorrerão ao pleito municipal em Minaçu. A expectativa é de, também, convencer o eleitor através do veículo que tem bastante audiência em Minaçu e é o principal canal de comunicação com a zona rural.

Apenas os candidatos a prefeito terão direito aos programas em blocos. Já as inserções ao longo da programação das emissoras serão transmitidas entre 5h e 00h. O total de exposição dos candidatos em Minaçu será 2937 inserções.

Em Minaçu, a reunião com os candidatos para a apresentação das regras ocorreu no último dia 05. O mapa já foi definido e já se sabe quem terá o maior o tempo de exposição no rádio.

A distribuição do tempo segue uma resolução de 2019, do TSE, que prevê a divisão da seguinte forma: do total do tempo de propaganda, 90% serão distribuídos proporcionalmente ao número de representantes que os partidos tenham na Câmara Federal. Ou seja, quanto maior a bancada do partido na Câmara, maior o tempo de radio. Os 10% restantes serão distribuídos igualitariamente entre todos os partidos.

Nesse caso, em Minaçu, leva bastante vantagem o candidato Carlos Leréia, porque além do grande número de deputados do PSDB na Câmara, 31 deputados, Leréia tem mais partidos coligados: PSDB / MDB / PC do B / PDT e PSB. Nesse caso, soma-se a bancada de todos os partidos da coligação.

Cabo Queiroz, que na Câmara tem 41 deputados também leva vantagem. E Marbenio, do PT com 53 deputados., também leva uma maior exposição. Confira como ficou a divisão do tempo de rádio para cada candidato:






A norma prevê ainda que nas eleições municipais, o tempo será dividido na proporção de 60% para a propaganda de candidatos a prefeito e 40% para a propaganda de vereadores.


*Atualizado às 16h54 com a inserção do candidato Maurides Rodrigues

Todos os direitos reservados - 2015-2019 Jornal O Norte de Goiás