• serra verde

Goiás intensifica isolamento para evitar coronavírus; comércio em Minaçu abraça medidas

Atualizado: Abr 5




Decreto 9.645, publicado pelo Governador Ronaldo Caiado, divulgado nesta sexta-feira (3), atualizou a cartilha que detalha quais estabelecimentos comerciais podem permanecer abertos e os que devem fechar as portas durante o período de isolamento social.


As novas regras prorrogam para 15 dias – até o dia 19 de abril – a quarentena em razão da transmissão comunitária do novo coronavírus, para diminuir a velocidade de propagação da Covid-19 nas cidades do Estado.


Comércio de Minaçu

O comércio de Minaçu está seguindo a risca a determinação do Estado, até a ordem de reabertura. Bares, lojas de roupas e moveis, salões de beleza, lanchonetes e academias estão com suas atividades suspensas na cidade.


Hotéis

Apesar de intensa divulgação, determinados hotéis em Minaçu ainda insistem em contrariar o Decreto. É o caso de dois hotéis da cidade pesquisados pelo Portal NG, que, até a tarde de ontem, afirmaram, por telefone, aceitar a hospedagem de pessoas de outros Estados. Nesse momento, a rede hoteleira da cidade está autorizada a receber apenas servidores de órgãos de serviços essenciais, como a Enel e a Saneago, por exemplo. E em hipótese alguma novos hospedes e turistas.


A intensa maioria dos estabelecimentos estão obedecendo as normas exigidas pelo Estado.


Casos de estabelecimentos que desrespeitam as regras podem ser informados à Polícia Militar, de acordo com orientações do Ministério Público de Goiás, em Minaçu.


Novas Regras

Além do que já tinha sido determinado anteriormente pelo governador Ronaldo Caiado, a nova publicação flexibilizou as restrições. Passa a ser permitido, por exemplo, o funcionamento de autopeças, feiras livres de hortifrutigranjeiros, cartórios extrajudiciais e escritórios de profissionais liberais, entre outras atividades, com organização individual para não haver aglomeração de pessoas.


Confira o gráfico das novas regras, produzido pelo O Popular, com base no Decreto desta sexta-feira.









Todos os direitos reservados - 2015-2019 Jornal O Norte de Goiás