• O Norte de Goiás

Mais de 30 detentos do presídio de Mara Rosa são transferidos para Minaçu



A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) transferiu pelo menos 32 detentos da Penitenciária de Mara Rosa para o presídio de Minaçu. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a operação está sendo realizada devido a desativação da Unidade Prisional de Mara Rosa.


Nesta quarta-feira, 17, o prefeito eleito de Minaçu, Carlos Alberto Leréia, acionou o Ministério Público para que a Justiça averigue a capacidade do presídio da cidade, uma vez que a chegada de novos presos, não havia coincidido com o aumento do efetivo para suprir a demanda, tampouco as autoridades locais foram consultadas.


Confira a nota da Secretaria de Segurança Pública:


Em resposta aos questionamentos do jornal O Norte de Goiás, a 7ª Coordenação ,a qual a Unidade Prisional Regional de Minaçu pertence , informa que:


-Em cumprimento ao processo de regionalização das unidades prisionais, a referida transferência foi motivada devido a desativação da Unidade Prisional Regional de Mara Rosa. Transferência realizada seguido protocolos de segurança Penitenciária para manter a ordem e disciplina do local e população carcerária. Processo de regionalização que garantirá economia para os cofres públicos do Governo do Estado.



-A transferência mencionada por este veículo de comunicação foi realizada com base na lei 19.962/2018 em seu artigo 1º inciso III , a qual dispõe sobre autonomia da instituição para realizar transferências de custodiados para presídios de sua responsabilidade. “autonomia e independência do órgão estadual de administração penitenciária para gestão de vagas, implantação e movimentação dos encarcerados.” Transferência que ocorreu no dia 11 de novembro, sendo que estes presos não são de alta periculosidade .


-A Coordenação ressalta ainda que até o momento não há previsão para novas movimentações.


Todos os direitos reservados - 2015-2019 Jornal O Norte de Goiás