• O Norte de Goiás

Zilmar Filho “Me sinto pronto pra continuar servindo Minaçu”



Zilmar Filho, prefeito de Minaçu, é o entrevistado desta segunda-feira, 24. Pré-candidato ao cargo de prefeito, Zilmar afirma que através de uma gestão enxuta e de diálogo, conseguiu imprimir marcas importantes, na saúde, no turismo e na reestruturação da cidade. Zilmarzinho é o terceiro entrevistado da série que o jornal O Norte de Goias realiza com pré-candidatos a prefeito de Minaçu.

Confira o bate-papo com o prefeito de Minaçu, Zilmarzinho.

Portal NG – Minaçu vive um momento extremamente delicado em relação a economia. Como você acredita que será possível reverter essa condição no futuro?

A atividade de mineração historicamente tem sido importante para o Brasil e para Goiás. Para o município de Minaçu, norte de Goiás, não poderia ser diferente em sua importância. Os efeitos socioeconômicos derivados da mineração do amianto crisotila retratam os efeitos que vão além dos limites territoriais das empresas que as pratica, impactando fortemente o núcleo urbano local. Assumi a prefeitura no pior momento da historia da cidade com o fechamento da SAMA e a demissão de 281 colaboradores. Decretamos calamidade pública e social e levamos ao conhecimento das esferas federal e estadual as quais sensibilizaram em prol de ajudar neste grave momento da historia da cidade. O governador Ronaldo Caiado teve participação decisiva nesta atual situação em dois momentos: na sanção da Lei que regulamenta a extração e exportação do amianto crisotila e na celeridade das licenças ambientais para implantação da Serra Verde na extração de Terras Raras. Não poderia de ressaltar a importância do apoio conquistado através da bancada goiana na Câmara dos Deputados com emendas de custeio significativas, algo em torno de 8 milhões, que ajudaram a manter os compromissos com folha de funcionários e prestadores de serviços. Com otimismo e responsabilidade estamos resgatando novas fontes de renda para nosso município através do Turismo e o agronegócio pungente caracterizado em nossa cidade a partir da nossa gestão. Minaçu faz parte das cidades turísticas reconhecida pelo Ministério do Turismo através do nosso cartão postal (Praia do Sol) e já conseguimos atrair investidores na área da piscultura, seringueira e fruticultura através de parceria com o poder publico. Não podemos esquecer o avanço na atividade leiteira no distrito de Cana Brava que atualmente gira em torno de 700 mil reais fomentando o comercio local. São essas e outras ações que vamos revertendo o grave quadro socioeconômico da nossa querida Minaçu.

Portal NG – Como você avalia o atual contexto político em Minaçu?

Sou um visionário em acreditar nas políticas publicas onde o cidadão exerce seus direitos em assuntos públicos através da sua opinião e do seu voto. Neste sentido, que vivenciamos a arte de nos organizarmos de forma coletiva e convergirmos no bem comum desejado pela maioria. Quando surge um problema específico e que necessita uma solução particular, aí teremos a chamada política pública em que definimos como ações do governo para solucionar um problema público. Deparo-me diariamente na tentativa de sempre fazer a melhor escolha para o bem comum da nossa sociedade como foi o caso do projeto de implantação do terceiro setor em nosso município, trazendo os efeitos esperados pela maioria da população. Uma saúde humanizada e resolutiva.


Portal NG – Como o município poderá ser capaz de superar os problemas, que antes já eram muitos, num momento desse de pandemia?

Em meio à pandemia da Covid-19, centenas de milhões de pessoas em todo o mundo e as economias de mais de 190 países tentam adaptar-se à realidade atual e frear as ameaças de recessão. As orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre o assunto são objetivas: para conter o avanço da doença é preciso promover o isolamento social e reforçar os hábitos de higiene. Em Minaçu a propagação do novo coronavírus ampliou também o acirramento político entre a situação e oposição especialmente após os decretos de enfrentamento no que diz respeito ao fechamento do comércio. Temos a consciência que conseguimos frear a curva através de varias medidas adotada pela equipe de saúde e conselho criado para o enfrentamento do COVID-19 no que diz respeito: barreiras sanitárias, consultório do COVID, capacitação de toda equipe de saúde e entrega de EPIs tanto para saúde como no comércio local e na atual situação estamos prontos para começar as testagens na população sintomática.

Portal NG – A retomada do emprego depois de tudo isso que nós conversamos é algo prioritário? Qual a será a idéia de mudança?

Toda mudança requer cautela e coragem para o enfrentamento. Nada acontece por mágica ou na expectativa de um possível salvador da pátria. Tudo que é planejado tende a dar certo e é com esse discurso de realidade e responsabilidade que travamos esse enfrentamento da máquina publica. Em pondo uma liderança através da confiança e conquistando a equipe de forma harmônica sem causar o pânico de que em momentos de turbulência a válvula de escape seja a exoneração em massa. São medidas adotas que deram certo nesses meses que estou à frente do executivo, sempre privilegiando o dialogo e valorizando o servidor público. Nada mais justo em se tratando de valorização do servidor do que a regularidade no pagamento, sendo uma das prioridades maiores desta gestão juntamente com os prestadores de serviços, isso mostra compromisso e muito planejamento por trás de uma obrigação do poder público.

Portal NG – Quais foram as dificuldades do município na gestão que assumiu?

A máquina pública e uma engrenagem que não para. A gestão é continuada e existe uma herança de mazelas deixada por outras gestões. Sabia dos desafios quando entrei pra vida pública e hora nenhuma justifiquei os atuais problemas em momentos vividos no passado. Com dialogo avançamos muito pra resolver os gargalos do instituto de previdência própria (RPPS), assumindo na integra o calculo atuarial com o aumento da parcela do patronal. Conseguimos na justiça uma liminar que recuperou cerca de 30 por cento do ICMS no novo calculo do Co- índice válido para o ano de 2020, através da ajuda do Deputado federal Glaustin da Fokus que paralelamente ao escritório advocatício entrou com o projeto na Câmara dos deputados para mudar a interpretação da Lei Federal que unifica valor vendido pelas unidades geradoras de energia (no caso de Minaçu (CPFL e FURNAS). Entre esses e vários outros problemas diários que me sinto pronto pra continuar servindo meu município com aval da população de Minaçu.

Portal NG – Na área do turismo, e social? Como você pretende atuar a partir do segundo mandato?

O Turismo em Minaçu estava esquecido em gestões anteriores e conseguimos revitalizar nosso cartão postal que é a Praia do sol, além de outras belezas naturais existentes em nosso município como grutas e cachoeiras que conseguimos catalogar e divulgar nossa cidade dentro e fora do Estado de Goiás. O seguimento do turismo sendo bem explorado e uma excelente fonte de renda e consegue fomentar o comércio local de forma a suprir como uma nova fonte de renda. Não podemos esquecer do esporte que ressurgiu com campeonatos inter colegiais e zona rural e das escolinhas de futebol atingindo mais de 400 crianças dando ocupação e socialização inibindo o tempo ocioso dentro de casa.

Portal NG – E na área do emprego?

Através de muito planejamento e a busca de destravar varias emendas parlamentares junto a Caixa Econômica Federal, hoje podemos falar que Minaçu é um canteiro de obras e geração de empregos. Destravamos todas as obras inacabadas do município bem como: Praça Antonio Cordeiro Barroso, Unidade Básica Saúde Crisotila, Creche Neusa Pardim da vila de Furnas, casa de velório ao lado do cemitério, investimento no hospital municipal de Minaçu com uma nova recepção humanizada dando melhor conforto aos pacientes e aos colaboradores do hospital e vamos finalizar ainda com uma ala de internação dia e pronto socorro para aumento do teto MAC, reabertura do restaurante do Bem em parceria com o Estado dentre outras reformas em escolas e postos de saúde do município. Existe varias outras situações em andamento através de licitações feitas pelo município em diversas áreas: infra-estruturar na malha asfaltica (mais de 3 milhões) recurso próprio planejado com o CEFEM atribuído da venda do amianto com a retomada da SAMA, Praça da Juventude (2 milhões), retomada da escola Quilombola (700 mil), Praça no distrito de Cana Brava (300 mil) entre outras pequenas obras espalhadas no município. Não podemos esquecer a Serra Verde que esta implantada e gerando vários empregos na nossa cidade com empresas terceirizadas no caso da AGN e CCB com expectativa de chegar a mais de 500 vagas diretas e varias outras indiretamente.


Portal NG – A gente sabe que a OS é motivo de grande rejeição em Minaçu. De que forma você pretende lidar com essas críticas?

De forma tranqüila e com a verdade. O terceiro setor foi implantado e vem colhendo frutos e quem ganha e a população minaçuense. Zeramos as cirurgias e acabamos com as filas no corredor. Temos todas especialidades que a população sempre almejou (Cardiologista, Ortopedista e Traumatologista, Pediatra, Anestesista, Cirurgião, Ginecologista, Dermatologista e vários Clínicos de excelência para melhor atender a demanda da população) e conseguimos implantar serviços que hora antes não funcionava como: serviço de tomografia, cirurgias por vídeo e a humanização no atendimento com uma pesquisa de satisfação com os pacientes que necessitam do hospital municipal. Somos referencia no Norte do Estado em saúde publica e digo a todos que conseguimos avançar 10 anos em saúde publica.

Portal NG – Na área da educação, como o senhor pretende lidar com a dissonante carga salarial, que envolve professores? A busca de equiparação salarial que envolvem os profissionais da educação?

Dialogo com a classe e sindicato dos servidores em consonância com o Poder Legislativo. Não existe outra saída para implantação do piso salarial. Lógico que com muito planejamento e tendo como respaldo o equilíbrio financeiro do instituto de previdência própria do servido publico. Realização de concurso publica é uma alternativa assertiva em conjunto com outras ações que busquem o direito do servidor da educação. Isso já esta sendo traçado com a classe em reuniões periódicas.


Portal NG – Ainda na área econômica, quais são, na sua opinião, os principais problemas estruturais que Minaçu ainda precisa resolver, com urgência, para dar um salto em seu desenvolvimento?

Continuidade de gestão. Acredito no meu potencial enquanto gestor e tenho a certeza que fiz muito com pouco. Os desafios são inúmeros e de auto grau de complexidade, mas com um trabalho em equipe e visando sempre o coletivo não tenho duvidas de uma Minaçu melhor pra todos. Com uma malha asfaltica de qualidade, iluminação para todos, áreas de lazer nos bairros e sempre investindo na educação e saúde dos nossos munícipes, parceria com segurança publicas no combate ao trafego de drogas entre outras ações que faça promover a cidade a garantir investidores para se instalarem aqui.


Portal NG –Como você avalia a chegada da Serra Verde? Qual impacto que essa introdução econômica poderia acarretar?

A chegada de uma mineração é um sonho para muitos municípios e hoje podemos dizer que é uma realidade aqui em nosso município a implantação da Serra Verde, mas com ela também aumentam os índices populacionais e que terão que usufruir de todos os segmentos do município. Com isso temos que apostar em outras fontes de renda que sejam permanentes para que não aconteça da mesma forma impactante do fechamento da SAMA.

Portal NG – O ex-prefeito Nick Barbosa, todos sabem, recebeu uma votação histórica porque carregava consigo um sentimento de mudança. Você, inclusive, foi o vice eleito, o que mudou de lá pra cá?

Muita coisa. Costumo dizer que na nossa vida tudo e conseqüência e desejo de Deus. Adquire mais experiência e confiança na forma de gestão. Já havia sido Secretário de Saúde em outra gestão o que me ajudou muito para governar no período mais difícil da historia de nossa cidade. A vida da gente e feita de degraus e não devemos nunca subir muito depressa e essa e minha ideologia de vida e da boa criação dada pelos meus pais, a seguir sempre princípios bons e direitos. Sinto-me pronto para servir meu município e enfrentar com honestidade e honradez os obstáculos da vida publica.

Portal NG - O apoio do governador Ronaldo Caiado é algo substancial nessa trajetória. Como o senhor avalia que será a decisão dele?

O apoio do Governador Ronaldo Caiado é natural, tendo em vista que já viemos de outras eleições juntos e certamente nada vai mudar. Estive por vários momentos conversando com o nosso governador que no momento oportuno dirá o norte pra situação política aqui na cidade de Minaçu. Fazemos parte da mesma base política e não vejo nenhuma dificuldade neste desfecho, até mesmo pelo grupo que me acompanha e todo serviço prestado em parceria com o Governo do Estado.


Portal NG – Qual o recado o Senhor deixa para a população de Minaçu, desse momento de decisão?

Nós temos que ter a sensibilidade de entender que não se faz política sozinho, se faz com harmonia pensando em levar sempre resultados para a nossa população. Nós estamos abertos a uma aproximação política e é por isso que nós vamos sentar e discutir com muita seriedade o melhor para o nosso município. Minha trajetória política se fez em cima de muito trabalho e comprometimento. Sou o primeiro filho de cinco do médico Dr. Zilmar que há mais de 40 anos presta serviços pros nossos munícipes, já foi vereador e sabe das dificuldades de gestão. Me credencio a ser pré candidato nessa eleição não somente pelo tempo que estive a frente do poder executivo, mas pelos meus serviços prestados desde 2004. Data essa que retornei à Minaçu já formado e dedicando os meus conhecimentos ao povo desta cidade que tanto amo. Até a próxima se Deus quiser!!!



O próximo entrevistado da série, é o médico Dr Wesley Medeiros.

ELEIÇÕES 2020 - Os bastidores da politica no maior portal de notícias da região




Confira as últimas sabatinas:



Cabo Queiroz: “Minaçu não tolera mais o atraso”



Leréia: “Vamos resgatar a autoestima do povo minaçuense”

Todos os direitos reservados - 2015-2019 Jornal O Norte de Goiás